domingo, 3 de outubro de 2010

dinossauros, amplificadores e muita distorção


Posso dizer que essa foi a semana mais barulhenta do ano. E uma das melhores. Tive a chance de assistir a dois shows do trio Dinosaur Jr, banda que surgiu em 1985, e que sofreu uma pausa em 1997, década em que tiveram maior repercussão na cena do rock alternativo. A banda voltou a ativa em 2005 e nunca havia tocado por aqui.
Depois de mais de duas décadas J Mascis, Lou Barlow e Emmett Patrick Murphy visitaram pela 1ª vez terras brasileiras, passando por Salvador, Recife e São Paulo durante a 6ª edição do festival Coquetel Molotov.

Na terça-feira (28), o Dinosaur Jr tocou na Praca Marechal Cordeiro Faria, São Paulo em plena 14h de uma tarde nublada, durante o festival Adidas Skateboarding Demo. A banda tocou em baixo de uma tenda de plástico, sem palco, sem frescura e com parte de suas muralhas de amplificadores Marshall. Algumas pessoas conseguiram trocar algumas palavras com os integrantes, o máximo que eu consegui foi me aproximar um pouco para fotografar o vocalista J Mascis, que não largava sua garrafa de Coca-Cola por nada e já estava de partida. O repertório de apenas cinco músicas como Feel the Pain e The Wagon, não durou trinta minutos, mas animou o dia de todos que estavam presentes no evento e me deixou ainda mais ansiosa para assistir ao show do dia seguinte (29) no Comitê Club.

No dia seguinte cheguei cedo na Rua Augusta e entrei no clubinho logo que ele abriu, às 22h. Enquanto aguardava o show com meus amigos e escutava desatenta o set de músicas da década de 1990, pude ver os dinossauros entrando pela porta da frente do Comitê Clube e passando por todos na pista, caminhando em direção ao camarim.

O show estava marcado para as 23h, mas começou quase meia noite. Sem trocar palavras com seus fãs, o Dinosaur Jr subiu ao palco carregado de amplificadores e não perdeu mais tempo. O ambiente estava quente e Murph, o baterista logo tirou a camisa e assim deram início a primeira música: The Lung. Ouvidos preparados e lá se foram músicas como Pieces, Get Me, Raisans, Out There, Freak Scene, Feel the Pain, Over It, The Wagon, fechando a noite com a versão matadora de Just Like Heaven e um improviso estridente de Mascis e sua guitarra que sem dúvida alguma já é uma lenda, assim como o ensurdecedor Dinosaur Jr.

Nenhum comentário: